|Especialista| Refrigerante na gestação!!!

Depois de um tempo afastada do blog por conta do nascimento da pequena Rafaela nossa especialista em nutrição Aline Nascimento volta hoje falando sobre a relação entre o consumo de refrigerantes e o risco de parto prematuro.

Vamos ficar atentas mommys!!!


Muitas pesquisas e estudos apontam para a influência da dieta alimentar materna sobre as chances de um parto prematuro. O alto consumo de gordura, de carne vermelha e de alimentos calóricos já foi classificado como prejudicial à gestação. Atualmente um estudo feito com mais de 60.000 grávidas indicou uma relação entre o consumo de refrigerantes e um risco mais elevado de parto prematuro.

O estudo afirmou que essa probabilidade pode ser 25% maior entre mulheres que ingerem mais do que uma dose desse tipo de bebida por dia quando comparadas com aquelas que nunca consomem o produto.
Essa associação já era conhecida, não especificamente em relação aos refrigerantes, mas sim ao excesso de açúcar em geral, que é prejudicial para grávidas e bebês.

Uma gestante que consome excessivamente alimentos e bebidas que contêm muito açúcar aumenta, obviamente, os níveis da substância em sua corrente sanguínea. Com isso, mais açúcar vai para o bebê, fazendo com que ele cresça e ganhe peso mais rapidamente (macrossomia fetal). Como eles ficam muito grandes, e útero se estende mais, predispondo ao parto prematuro. O excesso de açúcar também pode provocar diabetes na mãe e no bebê.

Por esses motivos, é recomendado que gestantes consumam menos açúcar. Além dos prejuízos ao bebê, o excesso pode contribuir para o ganho de peso na gravidez, que provoca problemas de saúde e também desconfortos.

No entanto, as gestantes não devem evitar completamente o açúcar, já que é essencial que elas sigam uma dieta equilibrada que contenha todos os nutrientes necessários.

Aline Nascimento é Nutricionista e Personal Diet

30 Comentários
Comentários
  1. o ruim é quem adora tem que se esforçar para não bebe durante a gestação né
    o impostante é o nossos filhos
    abraços

    Alycia e isabella no dia a dia
    http://alyciaprado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Thayna, nesse momento o principal é o bebê!
      Beijo

      Excluir
  2. Isso mesmo Thayna, nesse momento temos que priorizar a saúde e o desenvolvimento dos nossos pequenos.
    Beijinhos!!!!

    ResponderExcluir
  3. Eu nunca fui muito ligada em refrigerantes, mas quando descobri que estava grávida cortei de vez. Também deixei de tomar sucos concentrados, de caixinha. Meu bebê fez 7 meses e até hoje, amamentando, só tomo água e suco natural.

    Beijinhos

    #amigacomenta
    www.muadie.com

    ResponderExcluir
  4. Refri aqui em casa só nos fins de semana, não tive problemas na gravidez, engordei só o necessário, não sou de consumir muito açúcar. Teve coisas que enjoei mesmo e não comia.
    Bjs
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é o caminho do equilíbrio Sil!
      Beijo

      Excluir
  5. Eu sou muito desligada... Nem sabia que não podia tomar coca zero... Não sou viciada em refrigerantes, mas sem saber, tomei a gravidez inteira.... Falta de informação total.... Bjs Cá http://viverbembom.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Cá, informação é tudo, principalmente, num momento tão especial quanto a gravidez! Da próxima vc já está avisada. rsrsrs
      Beijo querida

      Excluir
  6. Durante a gestação a dieta aqui foi severa.
    tudo bem bem estar do Samuel.
    Bjks
    Mãe Vaidosa
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí Andreia, nossos babies em primeiro lugar!
      Beijo

      Excluir
  7. Evitei refri nas gestações, foi bem dificil mas consegui!
    E um habito que levei a diante depois foi tomar tudo sem açúcar ou adoçante! Até café, café com leite tomo puro.
    beijao
    Lele

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Lele, pra quem gosta e tem o hábito é difícil mesmo mas com força de vontade e pensando no bem estar dos babies a gente consegue fazer essa mudança de hábito!
      Beijo

      Excluir
  8. Aqui o refrigerante foi totalmente suspenso durante a gravidez.
    beijos
    Chris
    Inventando com a Mamãe
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
  9. Nossa! Na minha gravidez evitei ao máximo, mas como vomita muito, quando bebia era um alivio por causa do gás, mas mesmo assim evitei!
    Bjos
    Tatty
    http://diariomaedeprimeiraviagemtatty.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melhor então água com gás Tatty! Na próxima vc já sabe! hehehe
      Beijo

      Excluir
  10. Eu amo refrigerante, e na minha gravidez passei diversas vezes vontade, mas não tomei! Só tomava em último caso, quando não tinha numa festa outra opção.
    Adorei a dica.
    Beijos Ca
    http://confissoesdeumajovemmae.blogspot.com.br/
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tb adoro Ca e passei vontade como vc!
      Beijo

      Excluir
  11. Cuidado com a saude é mais do que necessario!!
    Aqui o refri é controlado!!
    As criancas ainda nem experimentaram.
    Bjs
    Mari
    http://maricriando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui AL tb não experimentou e já se acostumou a dizer que só vai beber "reverante" quando ela for grande! :)
      Beijo

      Excluir
  12. Na minha primeira gestação eu não tomei nada, mas confesso que nesta segunda está mais difícil de segurar. Depois do post vou tentar equilibrar mais.
    bjs
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que o post vai te ajudar Carol! Força de vontade!
      Beijo

      Excluir
  13. Eu realmente desconhecia o fato. Apesar de refrigerante não fazer parte da nossa alimentação e meu filho não gostar. Acho de extrema importância que seja dito isso e mais pessoas entendam o mal que o refrigerante pode causar.
    Cada vez mais é visto que pessoas se tornam viciadas em refrigerantes e não tomam nem sequer um copo de água ao dia. A saúde começa na mesa.

    Parabéns por compartilhar!

    Beijos
    Karin

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Karin! Com certeza quanto mais gente falar sobre isso mais poderemos conscientizar nossos filhos sobre esse mal.
      Beijo e obrigada pela participação!

      Excluir
  14. Olha que durante a gravidez eu consegui evitar bastante, mas consegui mesmo ficar sem nenhuma gota de refrigerante nos 6 primeiros meses da Beatriz! Hoje, não sinto mais tanta necessidade, achei diversas substituições além dos sucos, chás são ótimas opções!!

    Beijos
    www.parabeatriz.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é muito bom Isa, conseguir manter a substituição como um novo hábito!
      Adorei ter vc aqui!
      Beijo

      Excluir
  15. Aí, confesso: me entreguei aos pecados todos durante as duas gestações!! Tinha um desejo de Coca-Cola!!! Matava e morria por um copo gelado! Mas acho que faria diferente se pudesse voltar no tempo!!! Faria sim!! um bjoo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então na próxima seu compromisso está assumido aqui em público Mari!hehehe
      Beijo

      Excluir
  16. ta dificil segurar a vontade ainda mais com todo mundo bebendo na sua volta mas depois desse post vou me vigiar mais em relação ao refrigerante e o açucar em geral :)))

    ResponderExcluir