Categorias: , , ,
Postado por Personal Bebê 0 comentários

|Especialista| - A alimentação na gestação!!!

Hoje o post é sobre nutrição com a nossa especialista no assunto a querida Aline Nascimento! Esepro que gostem!
Toda mulher que planeja ficar grávida deve se preocupar com sua alimentação meses antes de engravidar, pois nas primeiras semanas de gravidez, quando a mulher nem sabe ainda que esta grávida, o feto desenvolve partes vitais de seu organismo dependendo de alguns nutrientes muito específicos, como o ácido fólico para a formação do tubo neural. O organismo é muito resistente e está programado para avisar que alguns nutrientes estão faltando somente quando chegar numa situação de carência muito crítica. Com isso, a mulher não percebe que está carente, pois não apresenta sintomas.
A falta desses nutrientes não permite um desenvolvimento adequado ao feto. Sendo assim, a mulher que pretende engravidar deve planejar cada refeição com o cuidado de consumir os nutrientes necessários diariamente.
As duas principais preocupações da gestante durante toda a gravidez devem ser:
  • Fornecer os nutrientes necessários para o desenvolvimento do feto através dos nutrientes;
  • Não engordar mais do que o recomendado;
Esses dois objetivos parecem ser impossíveis de serem atingidos ao mesmo tempo. A gestante acha que se consumir o suficiente para o seu bebê, engordará demais; e se controlar o consumo, seu bebê ficará carente em nutrientes. Na realidade isto não é verdade!

Se houver preocupação na qualidade alimentar e na quantidade, de forma individualizada, é possível que a gestante consuma o adequado, sem engordar acima do recomendado.
Engordar faz parte da gravidez, e nesse período não podemos realizar dietas, pois fazer dieta durante a gestação pode prejudicar o bebê e você também. Dependendo do tipo de regime, você pode ficar com deficiência de alguns nutrientes como: ferro, ácido fólico e algumas vitaminas e sais minerais importantes.
Se você gestante já estava acima do peso antes de engravidar, pode melhorar a qualidade da sua alimentação, eliminando guloseimas e comidas gordurosas. Pesquisas já mostraram que, para quem estava acima do peso antes de engravidar, não há problema em não engordar nada durante a gravidez, pois as reservas de gordura acumuladas no seu corpo vão suprir as necessidades calóricas do bebê.
Fonte Imagem: Google

Deixe seu comentário!

Comentários
0 Comentários