|Especialista| O perigo do consumo de mel antes de 1 ano de idade!!!

Sempre ouvimos falar para dar mel para criança antes de 1 ano de idade por ser uma forma saudável de introduzir o açúcar na alimentação dos pequenos!

Fonte Imagem: Google

Porém não devemos seguir essa recomendação pois no mel pode haver esporos da bactéria Clostridium botulinum, que provoca o botulismo.

Como o sistema imunológico dos bebês ainda não está maduro, eles podem pegar uma forma da doença chamada botulismo infantil. Por isso recomendamos que se espere até a criança ter pelo menos 1 ano para dar mel.

Mesmo que o bebê esteja com tosse ou com prisão de ventre e você tenha ouvido falar que mel faz bem, não dê nem um pouquinho à criança se ela tiver menos que 1 ano. Os esporos do botulismo são muito resistentes e podem sobreviver até à pasteurização e a altas temperaturas.

Os sintomas do botulismo surgem entre 8 e 36 horas depois da ingestão do alimento contaminado. Entre os sintomas estão prisão de ventre, falta de apetite e falta de energia. A doença é muito rara, mas, se você desconfiar que algo está errado com seu filho, procure atendimento médico na hora.

Depois de 1 ano, você pode dar mel, mas cuidado para não abusar. Por ser um alimento extremamente doce, ele pode acostumar mal o bebê, e pode prejudicar os dentes.

Até o próximo post...
Beijinhos

Aline Nascimento é Nutricionista e Personal Diet





4 Comentários
Comentários
  1. OI Débora, um ótimo post. Muita gente pensa que mel faz sempre bem. Aqui eu tive a orientação da pediatra. Mas nem todos recebem essa orientação e o seu post é um ótimo alerta.
    beijos
    Chris
    Inventando com a Mamãe
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
  2. Oi Débora as pessoas houvem esta história e muitas mesmo assim continuam a fazer seu uso, eu evitei o açúcar mel ao máximo! ótimo post

    bjs

    Gélia

    ResponderExcluir
  3. Eu sempre ouvi falar que não se deve dar mel para bebês com menos de 1 ano, mas não sabia o motivo.
    Muito obrigada por compartilhar a informação!
    Luciana
    www.lumaedamalu.blogspot.com.br

    ResponderExcluir