Categorias: , ,
Postado por Personal Bebê 0 comentários

|Especialista| ~ Desenvolvimento Motor das crianças - 1 a 5 anos!!!

Boa tarde pessoal, como foram de fds?

Levamos AL ao shopping para tirar foto com o bom velhinho mas outra vez ela se "borrou" toda e não quis nem chegar perto do coitado do Papai Noel então, mais um ano sem foto com o bom velhinho. :)

Nossa especialista em fono Adriana Salomão nos preparou a última parte sobre o desenvolvimento motor das crianças e sua relação com a linguagem. A primeira parte (de 0 a 3 meses) vc encontra aqui e a segunda aqui!
Então vamos aproveitar para conhecer um pouquinho sobre o desenvolvimento crianças entre 1 e 5 anos e ajudá-los na sua interação e estímulos!
 

Fonte Imagem: Google

Um Ano

Já senta-se ereta, gosta de brinquedos de encaixe fazendo pinça com o indicador e o polegar para pegá-los e engatinha com rapidez. Consegue ficar de pé apoiando-se e fica nas pontas dos pés.
Entende quando é pedido para dar e pegar brinquedos e fala palavras com significado, além de “papai e mamãe”.

Dezoito Meses

A criança já deverá estar andando, quase não cai e abandonou o engatinhar. As reações de equilíbrio estarão perfeitas.
Consegue comer sozinha, porém ainda derrama o alimento.
Quanto à linguagem, já nomeia alguns brinquedos. Seu vocabulário terá cerca de dez palavras.

Dois Anos

Consegue correr com destreza e andar brincando com uma bola. Sobe e desce escadas sozinha, tenta se pentear e gosta de imitar os adultos.
Alimenta-se sem derramar; vira as páginas de uma revista; tenta imitar um risco circular.
Fala frases com três palavras. Usa “eu”, “mim”, “você”. Identifica objetos pelos desenhos.

Três Anos

Já pula com os dois pés, fica sobre um pé só e anda nas pontas dos pés.
Imita uma cruz, copia um círculo, já consegue calçar os sapatos e desabotoar botões.
Fala o nome completo e já usa plurais.

Cinco Anos

A criança pula num pé só. Gosta de mostrar que consegue fazer as atividades sem ajuda. Imita um quadrado.
Com esta idade, o desenvolvimento motor estará praticamente completo e posteriormente haverá um aperfeiçoamento do equilíbrio e das demais habilidades.
A linguagem já é semelhante à do adulto, devendo ser apenas aprimorada.
 
Adriana Salomão é fonoaudiólga especialista no atendimento infantil.
Fonte: "Fonoaudiologia na Escola" - Marisa Sacaloski, Edna Alvarsi, Gleidis R. Guerra: Ed. Lovise

 

 
 





 

Deixe seu comentário!

Comentários
0 Comentários